sábado, julho 30, 2016

 

Sábado da 17ª semana do Tempo Comum


Os discípulos de João vieram buscar o seu cadáver e deram-lhe sepultura. Depois foram dar a notícia a Jesus. (cf. Mt 14,1-12)

A morte de João Batista marcou o início da revelação de Jesus!
Jesus dirigiu-se para João e deixou-se batizar por ele,
para que o Percursor pudesse reconhecer o Cordeiro de Deus!
O Percursor anuncia e prepara a vinda do Messias,
mas é Jesus que vem ao seu encontro como Servo de Javé!
A profecia faz de João um espelho da verdade,
que lhe mereceu a prisão e a morte na festa da vida!
Os discípulos de João sepultam-lhe o corpo,
cumprindo assim uma das obras de misericórdia
e falam dele a Jesus, numa intercessão de esperança!
Aqui estão sintetizadas três obras de misericórdia:
corrigir os que erram, sepultar os mortos e rezar pelos que faleceram!

Hoje esta obra de misericórdia tornou-se um negócio funerário!
Construíram-se capelas funerárias, pequenas e confortáveis,
para acolher a família nuclear e um círculo de amigos restrito,
espelhando a solidão em que se vive na cidade!
A oração pelo defunto anda associada ao funeral,
muitas vezes fazendo mais parte do “kit ritual”
do que da fé dos familiares e participantes!
Tudo cheira a um acontecimento enlutado e florido,
em que o mistério da morte nos cerca incompreensível,
sem sentido, que não seja a despedida de alguém querido!
Mas muitas vezes é o amor que suporta a fragilidade da fé!

Senhor, Pai de Jesus e Fonte da vida,
louvado sejas porque, quer vivamos quer morramos,
vivemos em Ti e nas tuas mãos nos sustentamos!
Senhor Jesus, Luz que brilha nas trevas e incomoda o pecador,
faz de nós ouvintes sedentos da verdade que nos salva
e não teimosos no pecado que querem calar a tua voz!
Envia-nos o teu Espírito de profecia e de compromisso,
para que, sem medo, hoje demos voz à tua Palavra
e aprendamos a remar contra a corrente, em direção à fonte!
Liberta-nos de todos os que celebram a vida com a morte

e torna-nos praticantes das obras de misericórdia!

Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?