sábado, julho 12, 2008

 

PRESENÇA OCULTA



Mergulhado em Ti,
Respiro por Ti
E me movo em Ti,
Sempre a procurar -Te!...

Tu vives em mim,
Em mim Te aninhas,
Comigo caminhas,
E eu a chamar -Te!...

Que cegueira a minha
Que me impede ver
Que o AR que respiro
E faz sentir vivo,
Livre e não cativo,
Em todo o meu ser,
É por, em Ti, crer?

És presença oculta,
Viva e actuante,
Seja noite ou dia.
És luz que me guia,
A todo o instante.

Na Tua Palavra
Que rezo e medito,
Só porque acredito,
Sinto-Te presente,
Perto e não distante…
De mim, nunca ausente!

Só quero afinar,
No Teu diapasão
As cordas que vibram
No meu coração,
Para, a todo o tempo,
Ser e interpretar,
De modo afinado,
A TUA “CANÇÃO”.

Maria Lina da Silva, fmm
Lisboa, 09.07.08

Comments:

Publicar um comentário





<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?