segunda-feira, setembro 19, 2016

 

2ª feira da 25ª semana do tempo Comum


Tende cuidado com a maneira como ouvis. (cf. Lc 8,16-18)

Jesus ouve com amor e confiança o Amor!
Não ouve o que lhe interessa, mas o que interessa ao Pai!
Não ouve com desconfiança, mas com total fé em Deus!
Por isso, pode dizer que o seu alimento é fazer a vontade do Pai:
é n’Ele que vive, respira, sente, perdoa, serve... só a Ele escuta!
Jesus dá-se conta que fala aos discípulos de uma coisa
e eles entendem ou pensam noutra:
nos três anúncios da paixão, os discípulos falam da fuga à cruz,
de pedidos de lugar de honra, discutem sobre quem é o maior!
Temos que estar vigilantes à maneira como ouvimos!

O filósofo Kant deu-se conta que não conhecemos diretamente,
mas por meio dos a priori do tempo e do espaço.
Vemos e ouvimos a partir de preconceitos e interesses,
por isso, ainda a pessoa mal começou a falar
e já julgamos o que quer dizer e respondemos ao que não disse!
Quando não nos interessa o que outro está a dizer,
desligamos, evitamos o diálogo, ligamos outras vozes gémeas!
É sintomático que se esteja juntos, a falar ao telemóvel com ausentes
ou que se dê um passeio pela natureza a ouvir a música que se gosta!
A Palavra de Deus é passível de várias interpretações,
muitas delas distorcidas pelo egoísmo, a ambição e o relativismo,
por isso, é fundamental escuta-la em Igreja e segundo a tradição!

Senhor, Palavra que escuta as entranhas que amam,
louvado sejas porque és misericórdia e fidelidade à aliança!
Cristo, Mestre na escuta do Coração do Pai
e do gemido do pobre e do marginalizado,
ensina-nos a escutar a Tua Palavra, cada dia,
silenciando os ruídos interesseiros e as tentações ilusórias!
Espírito Santo, dá-nos um coração puro e ouvidos de discípulo,
para que possamos nascer de novo e crescer fecundos,
à imagem de Jesus, aberto ao diálogo obediente com o Pai!
Dá-nos apetite diário para a escuta da tua Palavra

e jejum crítico para escutar as vozes dos instintos e do mundo!

Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?