segunda-feira, julho 17, 2017

 

2ª feira da 15ª semana do Tempo Comum - BB. Inácio Azevedo e companheiros mártires


Temendo os filhos de Israel, sujeitaram-nos a duros trabalhos. (cf. Ex 1,8-14.22)

Deus não age por medo, mas unicamente por amor,
por isso, é livre, paciente e rico em misericórdia!
Deixa crescer trigo e joio, fortalecendo o trigo,
para apenas os julgar e separar na colheita final.
Quando os egípcios começaram a olhar os israelitas com medo,
começaram à defesa e ao ataque, a oprimir para enfraquecer,
aliando a injustiça e opressão ao assassínio dos inocentes.
O medo é mau conselheiro e gera irracionalidade e xenofobia!

Os fluxos migratórios geram desequilíbrios étnicos.
Aquilo que começou por ser uma solução laboral
para quem migra e para quem acolhe,
acaba por se afigurar como uma ameaça de grupos em confronto.
A questão demográfica acaba por ser fundamental,
quando o grupo que chega tem uma taxa de natalidade maior
do que o país que acolhe e dá trabalho.
Começam então processos que dificultam a integração
e aumentam a marginalização em bairros étnicos fechados.
Hoje estamos a sentir um clima de medo e de revolta
que gera racismo, xenofobia, preconceito, violência.
O populismo gosta deste ambiente de medo,
explorando preconceitos, fechando portas, perseguindo diferenças.
O terrorismo aproveita este ambiente de medo e de confrontação
para recrutar ingénuos e os usar como agentes que se imolam para matar. 

Senhor, Pai de todos, que nos olhas para além dos muros que criamos,
ensina-nos a viver como irmãos, livres do medo para amar.
Cristo, Irmão e amigo de todos, que não és contra ninguém,
porque a todos amas e a todos queres salvar,
mostra-nos o caminho da convivência pacífica e do diálogo,
para que aprendamos a usar a energia e a força,
não para nos destruir, mas para nos ajudar e salvar.
Espírito Santo, colírio fraterno para ver o próximo
e força de comunhão forja a paz entre culturas e religiões,
liberta-nos do medo para que aprendamos a ser livres para amar.

Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?