terça-feira, setembro 05, 2017

 

3ª feira da 22ª semana do Tempo Comum – S. Teresa de Calcutá


A fim de que, velando ou dormindo, vivamos em união com Ele. (cf. 1 Tess 5,1-6.9-11)

Deus destinou-nos a sermos salvos em Jesus.
Deu-nos o dom da vida, da sabedoria e do tempo,
para aprendermos a amar sem medida como Ele.
Esta vida é uma conceção da filiação divina em nós,
no útero da misericórdia que é a nossa história.
Aprender a viver e a dormir unidos a Deus,
respirando a paz do Espírito e o amor do Filho
é o grande desafio da nossa esperança jubilosa e vigilante.

Andam por aí uns anúncios do fim do mundo,
pintados de medo, como má notícia,
que só alguns “bunkers” mistéricos podem proteger.
Semeiam temor e chantagens de captação de fieis,
que em nada conduzem ao encontro jubiloso,
tranquilo e fiel de quem aprende já a encontrar-se com Cristo,
durante o dia e a noite, numa amizade coerente e concreta.
Uns fecham os olhos à fé e buscam a noite da diversão e da orgia,
outros adormecem no seu egoísmo, indiferentes ao amor,
outros buscam a vigília da adoração noturna do Santo Sacramento,
gozando e alimentando um amor que se pretende eterno.

Senhor, Tu és a nossa paz e salvação,
por isso adormeço tranquilo e sem ressentimentos
e caminho vigilante, buscando amar em todas as situações.
Cristo, Tu caminhas pelas ruas da nossa história,
como Pastor que busca esta ovelha perdida,
abre o nosso coração à tua misericórdia e à tua Palavra.
Que o teu Espírito nos avise do mal que nos contamina 
e nos ensine a viver sempre unidos ao teu Coração,
que nos anima na esperança e nos purifica o amor.
S. Teresa de Calcutá, ensina-nos a vigiar na caridade,
frente ao sacrário e frente ao marginalizado!

Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?