quinta-feira, março 15, 2018

 

5ª feira da Quaresma


Desce depressa, porque o teu povo, corrompeu-se. (cf. Ex 32,7-14)

Deus está atento ao nosso caminhar,
não como um polícia que nos quer castigar,
mas como um Pai que os filhos quer salvar.
Envia Moisés como libertador e educador da aliança,
mas o povo, na sua ausência, corrompeu-se e
fabricou deuses à imagem do povo que os oprimiu.
Moisés intercede misericórdia e Deus é compassivo,
perdoa ao seu povo e envia muitos profetas.
Por fim, diz ao seu Filho: “Desce depressa e salva o meu povo!”
E Jesus veio aos seus, mas os seus não O acolheram! 

Quais seriam hoje os bezerros de ouro que construimos
e perante os quais nos ajoelhamos e prestamos culto?
O desejo de ser autónomos, de não depender de ninguém,
leva-nos ao afã de possuir e ter poder económico e político.
Em vez de descer, queremos subir na fama e no poder,
olhar de cima, instrumentalizar a terra e as pessoas,
sermos senhores por cima da lei, no lugar de Deus!
Para conseguir tudo isso, muitos trabalham horas sem conta,
esquecem a própria saúde, família e amigos, 
correm até à exaustão para não serem apanhados!
Quaresma é tempo para parar e fazer o check up da felicidade!

Senhor, Jesus obrigado porque desceste
e caminhas connosco como médico da vida.
Reconheço que sou muito inconstante
e que o amor de Deus em mim é como o orvalho da manhã,
que logo se evapora à primeira volta da esquina!
Fortalece-nos com o teu Espírito
e liberta-nos da idolatria do Ego e a mania das alturas!
Ensina-nos a descer à humildade de uma verdadeira conversão,
e a tornar-nos irmãos pacientes e solidários
daqueles que caiem na idolatria e andam sem rumo na vida!

Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?