domingo, julho 01, 2018

 

13º Domingo do Tempo Comum



O que nasce no mundo destina-se ao bem. (cf. Sab 1,13-15; 2,23-24)

Deus é amor e fez-nos reflexo do seu coração.
É grande o projeto do Criador,
mas o pecado adoece a criatura,
de hemorragias crónicas e mortes prematuras!
A sua presença, como aliança misericordiosa,
é presença próxima que cura,
Palavra que ordena a Vida adormecida!
Jesus é o Pão da Vida que sustenta e se faz dom,
contra a tentação da obesidade do egoísmo que mata!

Há pessoas que parece que nasceram para fazer o mal.
São uma imagem desfigurada do Criador
e uma imagem amedrontadora do Tentador!
Há vidas de feridas abertas que se esgotam
e vivem a custa de transfusões de sangue dos outros!
É uma dependência que pesa e incomoda,
pois sobrecarrega com a sua cruz os ombros dos outros!
Bela é a vida que se descobre fonte de amor,
que se dá sem se perder, que partilha e faz crescer a alegria!

Senhor, contemplo-Te grande e despojado,
graça e misericórdia, a Quem posso tocar na fragilidade!
Confio em Ti e busco a tua Face,
deixando-me recriar à tua imagem e semelhança,
como projeto destinado a fazer o bem!
Livra-nos, Senhor, da tentação da vingança,
do olhar mau e soberbo, do desejo egoísta e interesseiro,
do sabor a vitória que mata e adoece!
Ajuda-nos, Senhor, a ser cristãos, “outros Cristos”!


Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?