sábado, julho 07, 2018

 

Sábado da 13ª semana do Tempo Comum


Naquele dia voltarei a erguer a tenda arruinada de David. (cf. Am 9,11-15)

Deus ama as suas criaturas como um Pai aos seus filhos.
Escolhe o seu Filho como Esposo do seu povo,
que desceu à história para conquistar o coração dos arruinados!
A “Tenda de David” será restaurada imensa e sem fronteiras,
onde todos podem entrar com vestes novas de festa,
sem remendos nem fermento velho,
numa Igreja com raízes apostólicas e mesa para todos os povos!

Restaurar a Igreja, não é voltar a qualquer tempo específico da Igreja,
pois a cada tempo a sua resposta evangélica do Espírito,
mas entrar num processo de conversão que faz da Igreja
a mesma transparência de Cristo em linguagem de hoje!
Não é uma questão de ritos, de língua latina, de vestes…
mas de profecia que discerne, de testemunho que interpela,
de alimento do sonho que comanda a vida!
Tudo o resto é um “vira o disco e volta atrás!”
Restaurar a fé de um jovem, não é querer que volte a ser criança,
mas fazer tudo para que seja um adulto na fé!

Senhor, a paixão eterna com que nos amas,
me surpreende e me maravilha!
Porque tal paixão pelo tão nada que somos,
numa recorrente infidelidade que nos desfeia?
Só o teu Olhar nos pode restaurar a beleza e dignidade perdida!
Envia-nos o teu Espírito e ajuda-nos a amar divinamente,
a ser odre novo com veste de festa,
para acolher cada dia  o vinho novo do Evangelho
e asilar na Tenda da Igreja todos os que em Ti procuram cura!

Comments:

Enviar um comentário



Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?